domingo, 10 de julho de 2011

Um dia lindo como Ana Luiza!

Estive no funeral da Ana Luiza. Encontrei exatamente o que esperava: A mãe Carolina e o pai Marcos Varella sorrindo, falando do quão tinha sido privilegiados por tê-la em suas vidas e as lições que eles tiveram com ela, das vezes em que fraquejaram e que foram motivados por ela.

No caminho de casa, vi o quanto estava bonito esse domingo, de um sol radiante como o sorriso dela. E é assim que eu vou lembrar de Ana Luiza. E lembrei o tempo todo dessa canção, que compartilho com você.

Composição: Gonzaguinha

Ontem uma menina que brincava me falou
que hoje é semente do amanhã...
Para não ter medo que este tempo vai passar...
Não se desespere não, nem pare de sonhar
Nunca se entregue, nasça sempre com as manhãs...
Deixe a luz do sol brilhar no céu do seu olhar!
Fé na vida Fé no homem, fé no que virá!
nós podemos tudo,
Nós podemos mais
Vamos lá fazer o que será

2 comentários:

  1. Muito boa essa música, gosto muito... belo texto!

    ResponderExcluir
  2. Aquele caixão não comportava Ana Luiza. A bem da verdade, nem o mundo!

    ResponderExcluir